quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

contigo flor verdejante

tão forte...tão frágil,
tua face continua brilhando...
bela e subtil...
bela a essência do  teu rosto...
tua alegria perene...
eterna, incessante alma juvenil,
flor de maio....
chuva de Abril!
teu olhar é brilho em chama, ardendo...
é meu nome que soletra....
teu corpo me desperta
e no meu leito desfalece,
um coração corroendo!
eu em ti sou letras soltas..
que quando se fundem...
fazem versos,
românticos, profundos!
já não sei quantas juras desfiz...
fitas.te minha alma..
fixei meu olhar no teu...
e perdi.me.. como quem diz...
na lezíria...terra suada, rio correndo...
em ti flor verdejante!!!