domingo, 29 de dezembro de 2013

simplesmente hoje!

hoje!
simplesmente hoje!
faz anos que muita gente nasceu.
parabéns!!!
mas na angustia do nascer do dia
da manhã fria
nascia uma menina,
manhã gelada de inverno
chovia ventava e nascia o dia
e a menina já existia.
triste e contente
passa sempre esse dia.
e na memória de mulher
recorda esse dia
como que a sua existência
nesse presente dia
fosse eterna, infinita!
e ali... gorducha ao lado da sua mãe
estava para sempre a sua doce menina.
minha mãe, meu amor!!!