quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

no peito vai a saudade.

Na alma fica a saudade
no coração há amor
mas em muitos mortais
há angustia,
ódio e rancor...
no vento vai a vida
o sonho e o seu esplendor.
mas em dias de fúria
causa devastação e muita dor!
e de novo transforma vida
dos que ficaram perdidos
na imensidão da dor!
é a brisa da paz,
enviada por um Deus maior!
cheio de amor.
quem planeia o que diz?
diz o que sai do peito
mas o coração?!
 é um mero aprendiz
e ás vezes...
nem sempre sabe o que dizer!