quarta-feira, 5 de abril de 2017

a vida é assim.

ultrapassei  fronteiras
corri sem rumo...
num eco aflito
elevei meu tempo!
meus pés não viam o que calcavam,,,,
minha mente não tinha parada certa,
a estrada era incerta
sem entrada e sem saída.
é a história da vida!
entre escombros e desbastação.
na luta da alma
pensamentos sem sentido
por vezes a seta que o espírito espeta
é infinita!
somos rebentos da natureza
quando desbastada tudo é tristeza!
renovamos a alma
porque a fé não tem fim...
o amor é a melhor formação,
são cores de flores,voos de aves
misturas dos mares...
a vida é assim.