terça-feira, 24 de setembro de 2013

a magia dos violinos

agora mágicos tocam violino
os outros escondem-se na noite
e tu aonde te escondes?
efeito mágico toca em mim
efeito trágico despertas,
depois porque viajas
tu marioneta dançante....
deixa que eu viva eternamente
para conseguir por fim...
teu amor e um jardim!
algo que desperte em mim,
o voar da borboleta
tão mágica livre e bela.
envolves-me em perfume
tu que pairas e não te mostras
eu que corro e não te encontro!
e num segundo envelheço
vivo imóvel no meu mundo
o meu sorriso vai embora,
sem ti quantas lagrimas derramei!