quarta-feira, 9 de outubro de 2013

a mensagem de Safira.


preciosa como a pedra de cor azul
que se orgulha com o içar e esvoaçar
do colibri
sabe que o mundo é colorido
mas a vida por vezes
 é a preto e branco
bastante amarga e verdadeira
a avareza não se reflete
nas águas límpidas do rio
não é cristalina como seu olhar
com olhos da cor do mar
leva melancolia escondida
e a todos, dá bom dia.
menina de tantos sorrisos
de tristeza contida
e encanta- lhe as cores das aves
e o seu chilrear, mas que doce sinfonia!
colhe, flores brancas e rosada
parece que foi esculpida
belíssimo dom do escultor
teve dotes de doutor
ao nascer neste universo.
Safira: és pedra rara
encanto da Primavera
e do meio tropical
que sejas sempre assim, menina do pantanal.