domingo, 6 de outubro de 2013

amantes da vida


queres segurar a minha mão?
outrora olhei o céu...
e agradeço com gratidão!
eu serei sempre mulher
no meio da multidão.
o que fazia se não olha-se o céu?
e se não acaricia-se as estrelas...
seria outra mulher
todas, menos eu.
abraçamos quem amamos
e amizades antigas.
o que seriamos sem a magia de um beijo?
dizem que o amor transforma o homem
que a maldade dos outros
nos faz ver a bondade do nosso coração,
crescemos com o bem e com o mal.
temos ensinamentos antigos
que jamais nos deixam esquecer
quem somos,
quem nos deu o ser...
serei sempre grata
por me terem feito assim!
amantes da vida, amados por mim.