sábado, 14 de dezembro de 2013

um livro por abrir.

eu não sou poeta,
sou sonhadora desperta
e despertam em mim
um mar de emoções!
num mundo amolgado
de sonhos roubados
seres maltratados
cansados da treta,
carregando fortes fardos.
eu vou da miséria á poesia
da angustia á alegria,
de coração destroçado.
não desistir de lutar....
para mim, dar a quem precisa
é sinal de vaidade, de nobreza
não é caridade!
tu que entendes do que escrevo
e eu que sei o que te digo...
para mim és meu amigo
e ficas a saber,
sou um livro por abrir
mas que todos podem ler.