quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

afaga-me em teus braços.

os meus cabelos,
são caracóis que flutuam em manto
o teu perfume é lançado
na suavidade do vento.
és fascínio continuo
dás fôlego ao meu coração,
deste-me a vida perdida
nesta longa corrida...
agarras a minha mão!
eu te pacifico a vida
e me encantas então...
afagas-me em teus braços
com sofreguidão!
és o dia és a noite
o sol e o céu estrelado
já não sei quanto encanto
eu encontro ao teu lado!