domingo, 12 de janeiro de 2014

nos braços de uma mãe.

quando te peguei em meus braços,
 sorri!!!
enquanto te eduquei, amei e sofri.
quando a dor foi a maior
quase não sobrevivi.
o quanto te amo
o que eu, sofri por ti!
e tu partiste, sem dó nem piedade
minha alma escureceu
foi Deus que me valeu
alguém te tirou de mim!
te levou........
uma seta me espetou
fez meu coração sangrar
estás comigo e distante de mim.
mas sempre o sol nasce
e por fim, começa a vida!
e tu serás eternamente....
fruto do meu ventre.
nascido de mim!!!