sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

saudade minha!

eu escrevo o destino,
em pétalas repartidas,
em letras partilhadas,
queria somente ser....
um pouquinho de vida.
eu sei da minha existência...
existo mesmo!
são sons de amor
páginas relidas....
musicas sentidas...
só pode existir amor!
 para quem sabe soletrar em palavras
e transpor no coração....
amor e saudade!
saudade minha,criança ainda...
vá eu por onde for....
será de mão em mão...
de flor em flor,
de cantiga a melodia...
até ouvir o mar...
sentir o dia, e o amor!