sábado, 1 de fevereiro de 2014

amor!!!

         amor!!!
é o acordar da madrugada
é perder-se no pensamento
e não pensar em mais nada
é sentir sem intervir
nessa doce sensação!

é a dor que não tem cura
é o sentir da amargura,
quando de dois corações
um está espedaçado
quando o amor que sente
 não é correspondido
 não está conetado!

fragância instalada de dor
arma tardia, saudade vadia!
coração que tens tanto sentimento
sem conseguir controlar
leva-me no esquecimento
tira-me a chama que arde...

a corrente que me aprisiona
a magoa que me incendeia
não quero ser predador
da fome que escasseia!!!