sábado, 1 de março de 2014

encanto que tiro da vida.

sem querer olhei teus olhos...
sem querer tua alma ver,
tua alma tocou meu ser!
sem querer...
meu coração estremeceu,
incuti ao meu pensamento
distância do teu!
mas ele gosta de vacilar
é encantado pelo amor...
e louco por encantar,
eu que não sou insensível!
vertiginosamente mulher
perdidamente menina...
pelo toque de uma guitarra
no apogeu da melodia,
e assim sigo encantada...
encanto que tiro da vida!
vertiginosamente mulher...
tua alma tocou meu ser!
sou bem me quer e amor...
ainda me sinto flor!