segunda-feira, 22 de junho de 2015

num mesterioso por sol

o sol veio ao meu encontro,
com seus radiantes raios tardios,
e já no final do dia....
eles guardavam a sua mais secreta magia!
aquela luz que encandeia...
que te faz sentir doce,
franzina,meiga e menina...
suavemente mulher!
simplesmente amor,,,
e meigamente se escondia
por entre arbustos de ouro e prata.
é a magia da vida...
é a saudade que mata.
e meu olhar?
fagueiro...caricioso....
caridosamente belo...
o que brilha no meu olhar é amor!
que se encanta ao vê-lo.....
a luz... é a sombra do criador...