quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

és semente e sabedoria.

e eu que ti vi....
no cume dos montes
com ar da anjo
tu meu anjo inocente!
incendeias lareiras e refugiaste
no calor do sonho
e inocentemente proclamas
paz e sabedoria!
inspiras-me nos teus traços
e rabiscos sinceros
sorrisos quentes
leves e envolventes
quem te mandou?
vir do poente
entre raios de luz
girassóis ao vento
semente esvoaçando.
 versos em prosa
anunciando o luar
e o nascer da aurora!!!